CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Mauro Veríssimo
"À minha Bella, a mulher mais admirável dos jardins dos meus sonhos. Minha vida, a ti pertence."
Textos


O Amante




Eu te amo, não importa o que aconteça, sempre estarás aqui no meu peito, batendo bem forte, a ponto de tirar o ar que respiro, de tanta paixão e energia que corre nas minhas veias.
 
Você é o meu luar, os raios do sol do amanhecer, a juventude que sempre me lembra que nunca devo esquecer de ser jovem, você é a pura matriz da minha existência, aurora do meu ser, obra prima da minha razão de existir. Com você eu posso tudo, sem você não sou nada.
 
O amor não escolhe, ele destina uma pessoa a outra, sem questionamento, apenas sentimentos fortes e intensos, que correm pelo corpo inteiro e deixam alucinados quem deles experimentam tamanha experiência divinal.

 
Essa experiência dedico a você, enquanto existir, não posso ir além do que os meus olhos podem ver, e tudo o que vejo é a sua ternura em seda e mel, a púrpura do céu em forma de estrelas, a brancura leve da espuma do mar ao quebrar de cada onda, o passado, o presente e o futuro, um sonho, uma utopia, da mulher que nasceu para ser a minha fonte de luz e reinar na minha vida, que se encanta com as loucuras do amor que sente.
 
Penso em você por todos os dias, linda e radiante como um cometa atravessando o céu a procura do astro rei. Que esse astro fosse eu e você estivesse a minha procura, sussurrando pelo universo inteiro que tenha paciência, que um dia iremos nos encontrar e o mar ficará doce, o deserto enjardinado, as montanhas quentes e a névoa morna.

 
Tudo correndo entre leite e mel, jorrando da cachoeira dos sonhos de amor de um homem apaixonado perdidamente por uma linda mulher, suave e delicada como a rosa, radiante e esplêndida como o raio solar mais purificante, a essência da chama ardente de amor, que faz com que a vida tenha um verdadeiro sentido para este sonhador apaixonado.
 
Eu te amo em qualquer tempo e espaço que seja, agora e para todo o sempre, enquanto estiver nesta doce e solitária existência.
 
Mauro Veríssimo
Enviado por Mauro Veríssimo em 18/03/2012
Alterado em 14/08/2015

Música: I'm Waiting For You - Edward Maya

Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários