CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Mauro Veríssimo
"À minha Bella, a mulher mais admirável dos jardins dos meus sonhos. Minha vida, a ti pertence."
Textos


Voto Nulo, O Voto do Protesto!
 
 
 
Vou fazer uma paródia referente a uma frase dita por John Lennon:
 
"Do que adianta morrer pela paz, se os que ficam só fazem guerra?"
 
Agora vem a paródia:
 
"Do que adiantou o povo lutar e morrer por eleições livres, se os que hoje vivem com ela, só pensam no voto do protesto ou no voto do tanto faz?"
 
Temos que respeitar todos aqueles que morreram tentando mudar um sistema ditatorial e antiliberal e votar com consciência.
 
Não gostou de nenhum candidato? Vote nulo! Isso mesmo! Vote nulo!
 
É esta a sua resposta para a sociedade de que você não concorda com nenhum candidato que está concorrendo às eleições.
 
Os votos nulos não cancelam a eleição, mas é um duro golpe aos candidatos, que terão que conquistar todo este eleitorado que os ignorou, caso contrario, perderão o poder.
 
A sociedade ganhou com a morte de muitos o direito de escolher, não desvalorize esse sacrifício feito por milhares, votando em palhaços, pagodeiros, funkeiros, jogadores de futebol que querem fugir de pensão alimentícia ou outras aberrações que parasitam a nossa política, só por causa desse voto do protesto.
 
Quer realmente fazer isso!? O voto do protesto!?
 
Por favor não vote, fique em casa. Repito, antes de pensar no voto do protesto, pense nas pessoas que morreram para conquistar esse direito que está, hoje, em suas mãos.
 
Vote certo ou, vote nulo.
Mauro Veríssimo
Enviado por Mauro Veríssimo em 31/08/2012
Alterado em 14/10/2015

Música: Pub - Jung, Jae Hwan

Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários