CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Mauro Veríssimo
"À minha Bella, a mulher mais admirável dos jardins dos meus sonhos. Minha vida, a ti pertence."
Textos


 
Rosa Delicada
 
 
Nunca me senti tão feliz assim,
Amando mais do que tudo ao redor de mim,
Tamanha é a alegria em que vivo,
Hora bela da noite em que te conheci.
Amada no instante em que a vi,
Lua de amor que brilha sem parar.
Inimaginável sensação, quando estamos você e eu,
Amor puro e sincero, sentimentos que você me deu.
 
Conto com a sorte, para demonstrar o que sinto,
Ou com os santos, para conseguir os seus encantos.
Um toque sutil e fiel do meu amor,
Testado a todo o instante pela bela mais gentil,
Ou o teste eu vencerei ou o amor eu perderei.
 
Menina dos olhos de mel, confia o teu coração ao meu,
Amor este imenso, puro e honesto,
Ritmado pelo compasso do sorriso teu.
Caminha do meu lado, veja quem eu sou,
E tudo mais que venha a ser o que sei,
Livre de barreiras, livre de fronteiras,
Livre para todo o teu amor, que quero para mim,
O único desejo que tenho, pelo tempo que teremos,
Sobre está terra que celebrará o que viveremos.
Mauro Veríssimo
Enviado por Mauro Veríssimo em 07/02/2014
Alterado em 15/03/2018

Música: Sete Cidades - Legião Urbana

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários