CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Mauro Veríssimo
"À minha Bella, a mulher mais admirável dos jardins dos meus sonhos. Minha vida, a ti pertence."
Textos


Suave Doçura
 
 
 
Quando penso em você, fico alegre sem querer,
Quando estou com você, fico radiante sem perceber.
Porque você meche com o que existe dentro de mim,
Amor esse que é tão grande que parece não ter fim.
 
Menina inocente, de olhar vibrante e eloquente,
Uma linda mulher, criança juvenil e envolvente,
Que anda a passos travessos pelas ruas da cidade,
Levando-me para o alto, voando em plena felicidade.
 
Vem e me beija, suave doçura,
Pois o seu sorriso é o que me faz voar,
Vem e me beija, suave ternura,
Pois no seu beijo eu reaprendi a amar.
 
Você não é o sol, mas é o foco da minha atenção,
Amo o seu brilho, que é a fonte sagrada da paixão,
Doce é o seu beijo, que me salva da solidão,
E me fortalece para sempre estar no seu coração.


 
Mauro Veríssimo
Enviado por Mauro Veríssimo em 10/05/2014
Alterado em 15/03/2018

Música: The Rain - Roxette

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários