Mauro Veríssimo
"Não posso dizer o que não sei, mas posso dizer que a amo intensamente. Minha vida, a ti pertence."
Textos
A Você! O Testemunho de Fé



À Você!
De quem não sei raça, cor ou sexo,
Se habita entre nós, ou no espaço,
Numa dimensão diferente ou noutro universo,
Que está além da minha compreensão,
Do meu entendimento e do meu destino.
 
Não sei quem Tu és, mas,

Vivendo no princípio da paz,
Do amor e da simplicidade,
Serás sempre o meu Deus,
E eu, o Teu arcanjo fiel,
Rezando por aqueles que o amam,
E orando pelos demais que o odeiam.
 
Anseio por ser o Teu guardião,

Serviçal mais terno,
Que seja altamente iluminado,
Com a Tua sabedoria do doce pensar,
Para distante a minha visão possa deslumbrar,
As belezas do horizonte,
E as grandeza do firmamento celeste.
 
Enche-me da Vossa energia,

Ser de tamanha grandeza!
E traz a paz ao meu peito,
Há muito perdida.
 
E que o Teu amor seja meu guia,
Que a Tua simplicidade,
Venha a ser a minha direção,
Para que eu possa amar e orientar,
Os Teus herdeiros desta terra perdida.
 
Mauro Veríssimo
Enviado por Mauro Veríssimo em 09/03/2012
Alterado em 18/01/2022
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários