CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Mauro Veríssimo
"À minha Bella, a mulher mais admirável dos jardins dos meus sonhos. Minha vida, a ti pertence."
Textos


               
 
              Bela
 
 
Amor igual ao seu jamais existirá,
Louvores àquela que sempre vem a nos guiar
Clara como a lua, brilhante como o sol,
Invoca a sua sabedoria para nos levar até a luz.
O seu elo com o mundo nos salvará,
Nunca o seu amor há de nos deixar,
E por isso lutamos, em você, nós acreditamos.
 
Meus olhos sempre irão procurar os seus,
Ainda que tenha que viajar por toda a eternidade,
Tudo o que desejo é sentir a luz do seu olhar,
O seu brilho angelical há de me curar,
Sereia encantada, por mim, muito amada.
 
Diante dos seus olhos eu sou pequeno,
E o amor por você é tão suave quanto sereno.
 
Anjo celeste que habita em nossos corações,
Bela e encantada, que inspira todas as emoções,
Rainha da nossa vida, essência e existência.
E tudo de bom neste universo infinito,
Um sonho de amor, por nós bem vivido.
Mauro Veríssimo
Enviado por Mauro Veríssimo em 14/01/2013
Alterado em 15/10/2015
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários