CapaCapa
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Mauro Veríssimo
"À minha Bella, a mulher mais admirável dos jardins dos meus sonhos. Minha vida, a ti pertence."
Textos


Acordei Com o Seu Beijo e Descobri Que, Amando a Mim Mesmo, Poderei Amar Você Muito Melhor.


Às vezes, nos tornamos velhos, mesmo jovens, por causa dos nossos pensamentos pessimistas a respeito de nós mesmos e do nosso futuro. Nos sentimos sozinhos e fragilizados. É triste não conseguir ver esse planeta além do branco, preto e seus matizes, não diferenciar os sabores e a vida que circula ao redor de nós.

Sempre pensei que isso tudo era dado pelo amor de uma linda mulher, não a mulher linda de fato, mas aquela que nos completa perfeitamente, como se fôssemos um só. E, devido a falta dela, ficávamos doentes pela solidão, pelo cansaço de tentarmos, sem sucesso, encontrar a nossa alma gêmea.

Hoje, acordei e descobri que não posso esperar que uma linda mulher me complete, como se ela fosse uma necessidade que tenho que suprir. Que amor seria esse que, em vez de compartilhar, nada mais faria do que sugar as minhas necessidades da essência da vida que ela ofereceu para mim sem pedir nada em troca?

Agora, acredito que tenho que me completar por mim mesmo, sair da frente do computador e descobrir quem sou, como sou e o que tenho a oferecer do que existe dentro de mim e me completar de fato, em essência e existência, da assinatura que deixo ao longo dessa estrada chamada vida.
 
Quando isso acontecer, poderei estar do lado da minha linda amada e ser pleno para ela e, com ela, compartilhar em cumplicidade as delícias do amor puro e verdadeiro, que transformam as cores mudas numa total sintonia de vida com o universo que existe a nossa volta, sem necessidades e sim, a felicidade da essência natural da vida, a nossa humanidade, vividos em dois corpos unidos e que se tornam únicos por uma vida que existirá muito além das vidas.

Dessa forma, mesmo sendo velhos, seremos sempre jovens em nosso jeito de ser e de viver, numa cumplicidade única do que somos e para quem somos, esse é o ambiente de total harmonia sonhado por todos, que é conseguido por poucos, aqueles que percebem que tudo que é necessário para que a vida venha a fluir está dentro desse mundo misterioso que existe dentro de nós mesmos.
Mauro Veríssimo
Enviado por Mauro Veríssimo em 25/02/2013
Alterado em 17/10/2015
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários